A Verdade Sobre O
Espírito Santo


INTRODUÇÃO:

“Recebestes, porventura, O Espírito Santo quando crestes?” (Atos 19:2). Senão você está perdendo uma promessa de Deus disponível a todos os que crêem nEle, como diz a Escritura (João 7:38-39). Você só tem que arrepender-se, ser batizado em nome de Jesus, e receberá o dom do Espírito Santo com a evidência de falar em outras línguas (Atos 2:38, 2:4).


O QUE É O ESPÍRITO SANTO?

O Espírito Santo é o Espírito de Deus. Este Espírito de Deus, que é o mesmo Espírito que habitava em Cristo (João 14:17-18; Romanos 8:9-10), pode, poderã e faz sua morada dentro do corpo humano. “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?’ (1 Coríntios 6:19). “Não sabeis que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?”(I Coríntios 3:16).
Quando o Espírito Santo faz sua morada dentro do corpo humano, isto se refere ao “receber o dom do Espírito Santo” ou “ser batizado com o Espírito Santo” (Atos 10:47; 11:16-17). O propósito da vinda do Espírito Santo é consolar e ensinar: “Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as cousas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.” (João 14:26). Uma fome pela verdade da Palavra de Deus acompanha o recebimento do Espírito Santo. O Espírito Santo é O Espírito de verdade e vem para conduzir e guiar o crente a toda a verdade (João 16:13).
O dom do Espírito Santo é uma boa dádiva de Deus. Todos os que crêem no Senhor Jesus Cristo, como diz a Escritura, deveriam recebê-lO (Lucas 11:13; João 7:38-39).


A PROMESSA DO ESPÍRITO SANTO

“Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos, e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor nosso Deus chamar.” (Atos 2:38-39).
O Espírito Santo foi primeiramente prometido no Antigo Testamento, “E acontecerá depois que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.” (Joel 2:28-29).
João Batista, o precursor de Jesus Cristo, repetiu a promessa, “Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.” (Mateus 3:11).
No capítulo 14 de João, Jesus prometeu a Seus discípulos que Ele retornaria para eles após sua ascensão aos céus na forma de um Consolador, ou Espírito de Verdade, chamado o Espírito Santo. Anteriormente, Jesus se referiu à promessa como rios de água viva jorrando do crente, “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Isto ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito até esse momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado.” (João 7:38-39).
Lucas registra a garantia para nós que o Espírito Santo é uma dádiva de Deus, e que Ele de bom grado nos dará se O desejarmos e buscarmos. “Por isso vos digo”:
Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á. Qual dentre vós é o pai que, se o filho lhe pedir [pão, lhe dará uma pedra? ou se pedir] um peixe, lhe dará em lugar de peixe uma cobra? Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um escorpião? Ora, se vós que sois maus sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” (Lucas 11:9-13).
Deus deseja que todos tenham Seu Espírito habitando neles. Só que você tem que fazer é crer nEle como diz a Escritura (João 7:38), arrepender-se e ser batizado em o nome de Jesus (Atos 2:38), e pedi-lo a promessa do Espírito Santo, e você O receberá (Lucas 11:10).

A IGREJA PRIMITIVA RECEBEU
O ESPÍRITO SANTO

Jesus, em outra referência ao recebimento do Espírito Santo, deu uma ordem aos Seus discípulos, “Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.” (Lucas 24:49). Aproximadamente cento e vinte discípulos obedeceram a ordem de Jesus, e no dia de Pentecoste, na cidade de Jerusalém, a quase dois mil anos, Jesus cumpriu Sua promessa.
“Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; de repente veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo, e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.” (Atos 2:1-4).
A passagem acima registra o começo de uma das maiores experiências disponíveis ao homem, pois o cumprimento da promessa teve começado apenas com estes primeiros cento e vinte. Joel profetizou toda a carne (Joel 2:28). Jesus disse que todo o que pede, recebe (Lucas 11:10). No mesmo dia de Pentecoste, o dia do derramamento inicial, Pedro falou da continuação da promessa. Muitas pessoas curiosas cercaram aqueles que receberam para ver o significado de toda a comoção. Pedro aproveitou-se da oportunidade para explicar que o que ocorre é o que foi dito pelo profeta Joel, e que Jesus, a quem eles crucificaram injustamente, foi Senhor e Cristo. Eles, compungidos em seus corações, rogaram a Pedro e aos demais Apóstolos o que deveriam fazer. (Atos 2:37). Pedro respondeu que se eles se arrependessem e se batizassem em o nome de Jesus, eles também receberiam o dom do Espírito Santo. Ele até levou a promessa além das três mil que a aceitaram naquele dia (Atos 2:41), “Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos, e para todos os que ainda estão longe; isto é, para quantos o Senhor nossos Deus chamar.” (Atos 2:39). ‘Todos os que ainda estão longe” inclui todas as nações desde aquele dia até agora. A promessa existe para todos os que a desejem, porque Deus está chamando a todos ao arrependimento (II Pedro 3:9).
Muitas pessoas creram e receberam a promessa durante o tempo dos Apóstolos. Os discípulos tendo recebido poder para serem testemunhas ao descer o Espírito Santo sobre eles (Atos 1:8), levaram o evangelho do Senhor Jesus Cristo a todo o mundo conhecido. Filipe levou a mensagem a Samaria onde muitas pessoas creram e foram batizadas. Quando os Apóstolos ouviram que Samaria havia recebido a Palavra de Deus eles enviaram Pedro e João para orarem para que eles recebessem o Espírito Santo, “Então lhe impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo.” (Atos 8:17). Assim os Samaritanos, antes considerados excluídos da vida eterna pelos Judeus, se tornaram participantes da promessa do Pai.
Pedro ainda entregou a mensagem do Senhor Jesus à casa gentia de Cornélio. Não obstante, não o fez até que Deus lhe havia enfatizado por uma visão que a promessa de Deus pertencia a todo o homem criado por Deus, não importando nação, tribo ou língua. Finalmente; tendo entendido esta verdade de Deus, Pedro foi a Cesaréia. Enquanto Pedro estava ainda lhes falando das coisas de Cristo, a Espírito Santo caiu sobre os que ouviam a Palavra (Atos 10:44). Deus provou de uma vez por todas que Ele não faz acepção de pessoas (Atos 10:34).

Deus até permitiu que Saulo, um dos perseguidores da Igreja primitiva, fosse cheio do Seu Espírito. Saulo; cujo nome foi mudado para Paulo, confessou que era o principal dos pecadores antes de Deus o salvar (1 Timóteo 1:15). Contudo, Deus lhe encheu com o Espírito Santo (Atos 9:17) e o fez um grande missionário do evangelho do Senhor Jesus Cristo. Levou a mensagem a muitas nações. Em Atos capítulo dezenove lemos dele levando a verdade do Espírito Santo aos discípulos de João Batista em Êfeso. Ao encontrar-se com eles, Paulo inquiriu-lhe se haviam recebido o Espírito Santo quando creram. Descobrindo que eles nem sequer tinham ouvido que existia o Espírito Santo, Paulo explanou-lhes a Palavra de Deus mais perfeitamente. Então, sobre a confissão de sua fé em Jesus Cristo, ele os batizou no nome de Jesus, impondo-lhes as mãos, e eles receberam o dom do Espírito Santo. Saulo, o perseguidor da fé Cristã, se tomou Paulo o propagador do evangelho de Jesus Cristo.
Na Igreja primitiva, a promessa do Espírito Santo era disponível a todos que obedeceram a Deus (Atos 5:32). Muitos obedeceram e muitos receberam. A promessa ainda está disponível hoje a todos que obedecem a Deus. Milhares estão obedecendo e milhares estão recebendo!

O ESPÍRITO SANTO É ESSENCIAL?

Sim, receber o Espírito Santo é essencial para obter a plena salvação bíblica. O Espírito Santo é um dom de Deus, como um resultado de obediência e fé nEle (Atos 5:32). Se o homem obedece a ordem de Deus para arrepender-se e ser batizado no nome de Jesus, é prometido o Espírito Santo (Atos 2:38). Deus não quebra promessas. Se o homem obedece estas ordens, ele receberá.
Jesus usou o verbo “fluirão” com referência ao Espírito Santo para os que crêem nEle como diz a Escritura (João 7:38). João disse que aqueles que crêem no Senhor Jesus “haviam de receber” o Espírito Santo (João 7:39). Pedro disse se arrepender-se e for batizado em nome de Jesus Cristo “receberá” o dom do Espírito Santo (Atos 2:38). Estas referências bíblicas deixam todos nós saber que o Espírito Santo é um resultado positivo irrestrito de obediência às ordens do Senhor Jesus Cristo. “Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.” (1 João 2:4).
Jesus o disse um tanto contundentemente enquanto falava com Nicodemos, “Em verdade, em verdade te digo: Quem não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus” (João 3:5). Ser nascido do Espírito é uma referência simbólica ao ser cheio do Espírito Santo. Jesus morreu numa cruz cruel pelos nossos peca-dos, foi sepultado em um sepulcro emprestado, e no terceiro dia ressuscitou vitorioso sobre a morte, inferno e o sepulcro. Este é o evangelho do Senhor Jesus Cristo o qual o homem deve obedecer. Todos devem morrer para seus pecados no arrependimento, ser sepultados com Ele no batismo, e ressuscitar em novidade de vida por nascer do Espírito. O Espírito Santo dá vida nova em Cristo ao crente, “...mas o espírito vivífica.” (II Coríntios 3:6).
Em Romanos capítulo oito, Paulo fala acerca da vida na carne. Ele faz bem claro que aqueles que são cheios do Espírito Santo serão arrebatados e aqueles que não são não têm a bendita esperança do próximo aparecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Se, porém, Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pacado, mas o Espírito vida por causa da justiça. Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também os vossos corpos mortais, por meio do seu Espírito, quem em vós habita.” (Romanos 8:9-11). Para o homem obter a esperança de plena salvação bíblica ele deve ser cheio do Espírito Santo.

A EVIDÊNCIA INICIAL DO
RECEBIMENTO DO ESPÍRITO SANTO

Uma pessoa nascida do Espírito produzirá o fruto do Espírito. ‘Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria paz longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas cousas não há lei” (Gálatas 5:22-23). Enquanto eles crescem no Espírito manifestarão os dons do Espírito, “Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; a outro, no mesmo Espírito, fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las.” (1 Coríntios 12:8-10). Contudo, quando uma pessoa inicial-mente recebe o batismo do Espírito Santo ela falará em outras línguas segundo o Espírito lhe conceda que fale. Esta evidência do recebimento do Espírito Santo é separada e aparte do dom de línguas.
Isaias profetizou dela, “Pelo que por lábios guaguejantes e por língua estranha falará o SENHOR a este povo.” (Isaias 28:11). Jesus a confirmou, “O vento sopra onde quer, ouves a sua voz mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.” (João 3:8). Jesus falou outra vez da evidência daqueles que crêem, “...falarão novas línguas.” (Marcos 16:17).
Jesus disse que você ouviria a voz de todos aqueles que são nascidos do Espírito (João 3:8) e isto foi verdade no dia de Pentecoste, “Todos ficaram cheios do Espírito Santo, e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.” (Atos 2:4). Pedro reconheceu que a casa de Cornélio tinha recebido o Espírito Santo. “Pois os ouviam falando em línguas e engrandecendo a Deus.” (Atos 10:46). Paulo impôs as mãos sobre os Efésios para que recebessem o Espírito Santo, "... e tanto falavam em línguas como profetizavam”.(Atos 19:6).
Até este dia quando alguém é nascido do Espírito ouvimos a voz do mesmo. Eles falam com línguas segundo o Espírito lhes concede que falem. As línguas seguirao o recebimento do Espírito, como uma conseqüência natural.

CONCLUSÃO

O batismo do Espírito Santo é prometido a todos que o pedirem e estiverem dispostos a arrependerem-se e serem batizados no nome de Jesus para poder O receber. O batismo é para ser desejado por todos porque sem ele uma pessoa não pertence a Cristo (Romanos 8:9). Quando um indivíduo recebe o Espírito Santo, ele falará em outras línguas segundo o Espírito lhe conceda que fale.
Qualquer um que tendo-se arrependido, sendo batizado no nome de Jesus, desejando o Espírito Santo deveria O pedir a Deus com fé. Deus deseja para eles O terem e se eles se submeterem totalmente a Ele, Ele derramará seu Espírito sobre eles. Qualquer um não tendo-se arrependido dos pecados, ou não tendo sido imergido nas águas no nome de Jesus, deveria o fazer. Então, eles também terão a oportunidade de receber o - Espírito Santo. Fazendo assim, embarcarão numa vida totalmente noya de gozo e paz no servir a Deus. É somente pela misericórdia de Deus que o homem pode viver, andar, cantar e adorar no Espírito. Qualquer um que não aproveita esta oportunidade está aquém do pleno cumprimento que Deus deseja para o homem ter nEle. Sim, vida no Espírito é o máximo para o homem na terra. E o que é mais formoso é que a vida no Espírito é eterna!

PRINCIPAL


This tract was put into HTML format by Bro. Stan Hallett.
This non-copyrighted tract is available in hard copy tract format
from the Pentecostal Publishing House at www.upci.org/pph/

| TOP PAGE |